segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Apresentador Jorge Pedra é encontrado morto em Salvador

O apresentador Jorge Pedra, de 52 anos, do programa Fama e Sucesso, da TV Salvador, foi encontrado morto ontem (1º), por volta da 19h30, no primeiro andar do Hotel Democrata, que funciona como motel no centro da capital baiana.

Jorge foi atingido por três facadas, na testa e nas costas por golpes superficiais, e na região da clavícula esquerda, um corte profundo que alcançou a veia, causando hemorragia. Segundo informações do porteiro do motel, Jorge chegou ao estabelecimento por volta das 19h com um homem branco e de cabelos pretos, aparentando mais de 20 anos, que se identificou como Rogério.

Eles permaneceram durante meia-hora em um quarto no segundo andar do prédio. No entanto, o corpo do apresentador foi encontrado no corredor do primeiro andar. A arma usada pelo agressor foi encontrada próxima a Jorge, e a sua carteira estava sem dinheiro. A perícia suspeita de crime homofófico.

Segundo relatos dos funcionários do estabelecimento, o criminoso fugiu pela rua Agusto França, atrás do motel, e tudo indica que tenha se dirigido ao carro do apresentador, estacionado no local.

Jorge Pedra era formado em jornalismo e iniciou a carreira em 1978, quando trabalhou para a colunista social Danuza Leão. Ano passado, concorreu, sem sucesso, para uma vaga de vereador na Câmara Municipal de Salvador.

Fonte: A Tarde Online

2 comentários:

Leonardo Fernandes Ayres Belens disse...

genteq barbárie.
não sei onde vamos parar. e olhaq nem acho aki, uma cidade homofóbica..mas temosq ter certos cuidados, e saber com kem saímos.
claroq ñ atribuo a culpa da morte a ele. ele foi uma vítima.
mas isso kda vz mais nos chama a atenção, para os cuidados com relacionamentos > sejam eles cara a cara, ou via net. fik o rekdo pra galerinha jovem.


http://twitter.com/LeonardoBelens
http://ligaploc.blogspot.com

Anônimo disse...

Fiquei triste, não tem menos de 30 dia que tive a satisfação de conhecê-lo, me pareceu uma pessoa muito amável, muito educada, e levava a sério o trabalho dele de divulgar os pontos elitizados da nossa sociedade.
A polícia deve com presteza esclarecer esse hediondo crime.